Notícias

Hotéis do Rio devem ter mais de 85% de ocupação para o feriado de Corpus Christi

O próximo feriado de Corpus Christi, que será no dia 16 de junho, trará uma ocupação de mais de 85% para os hotéis da cidade do Rio de Janeiro, segundo o Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município do Rio (HotéisRIO), Jorge Chaves.

De acordo com Jorge Chaves, vice-presidente do sindicato, mesmo que o mês de junho seja de baixa temporada, a procura pelos quartos de hotéis está sendo acima do esperado. Ele conta que a data é significativa para o setor, de forma que este movimento pode colaborar com a retomada da rede hoteleira.

“Como este é o primeiro grande feriadão desde o carnaval, as expectativas são muito boas e já são reais. Neste momento, a demanda da cidade está com 85% de ocupação, e a expectativa é atingir 100% nos próximos dias. O feriadão traz uma grande movimentação em um período de baixa temporada, sendo uma data muito importante para o setor, depois de períodos escassos devido a pandemia”, ressalta.

Com a melhora do cenário da Covid-19, Chaves nota uma retomada dos visitantes e índices semelhantes ao período anterior à pandemia. Para ele, a data será positiva para a rede hoteleira e vai manter a recuperação que os hotéis tiveram desde que houve a redução de casos de Covid-19 no final do ano passado.

“A população vacinada tem tido casos leves, mantendo suas viagens e aproveitando os bons momentos para viagens em família e amigos. Isso possibilita a estabilidade do segmento hoteleiro, aumentando as contratações necessárias para a contínua recuperação do setor, contribuindo socialmente e economicamente para a cidade”, diz.

O Rio Convention & Visitors Bureau afirma que o fluxo de turistas no feriado reflete o atual momento de retomada do setor. Depois de dois anos, a empresa aponta que o turismo doméstico já alcança os patamares anteriores a 2020 e o retorno das viagens internacionais caminha no mesmo sentido.

Entretanto, segundo a Rio CVB, há entraves importantes para que a economia turística dispare. A entidade indica que a alta no valor das passagens, impulsionado pelo aumento na procura de viagens com a flexibilização das medidas sanitárias e o aumento no preço dos combustíveis são os principais motivos que impedem o crescimento deste setor. As passagens aéreas tiveram alta.

Movimentação na cidade do Rio de Janeiro

O Aeroporto Internacional Tom Jobim, o RIOgaleão, estima uma movimentação de mais de 70 mil passageiros em voos domésticos e internacionais entre o dia 15 e 20 de junho. Ano passado, a estimativa era de 20 mil passageiros para o mesmo período. Já na Rodoviária do Rio, mais de 207 mil viajantes devem passar no feriado de Corpus Christi. Porém, apesar de apresentar uma grande movimentação, o número de viagens ainda não chega aos níveis do período pré-pandemia.

A previsão de movimento para este ano representa 88% do que foi em 2019, no mesmo feriado.

Dados estatísticos da concessionária mostram que as 41 empresas de transporte regular disponibilizarão 6.640 ônibus para atender a demanda, sendo 1.770 transportes extras para atender a demanda da viagem de ônibus.

Segundo a empresa, a os turistas que chegam na cidade virão principalmente de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. Muitos viajantes, de acordo com o levantamento realizado pela rodoviária, vão embarcar para regiões turísticas do Estado do Rio de Janeiro, como Lagos, Vale do Café, Friburgo, Teresópolis e outras cidades serranas próximas.

*sob supervisão de Helena Vieira

Fonte: CNN

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: