NotíciasTurismo

HotéisRIO comemora recuperação da malha aérea do Rio

 

Cerca R$ 300 milhões serão investidos no Galeão

O HotéisRIO comemora nesta terça-feira, dia 9, a assinatura, no Palácio da Cidade, de um acordo de cooperação técnica entre Prefeitura do Rio, Governo do Estado do Rio de Janeiro e RIOgaleão, operadora do Aeroporto Internacional Tom Jobim, para fomentar o setor aeroportuário. Serão investidos cerca de R$ 300 milhões para estimular a criação de novas rotas e aumentar o número de voos, garantindo maior fluxo de turistas. A previsão é que o terminal receba cerca de 14 milhões de passageiros ainda em 2024, retomando o patamar atingido em 2019.

Para o presidente do HotéisRIO, Alfredo Lopes, o aeroporto do Galeão é uma prova de que o turismo é suprapartidário. “Observamos todos os atores – município, estado e federação – empenhados em ressuscitar esse patrimônio da nossa cidade. Conseguiram promover o equilíbrio entre os dois principais aeroportos da nossa cidade – Tom Jobim e Santos Dumont – e tenho certeza de que isso alavancará o turismo nacional e o internacional”. Lopes ressaltou ainda que essa união está permitindo trilhar o caminho que todas as cidades turísticas do mundo fazem, que é trabalhar com as empresas que voam para aquela cidade e fazer promoção no destino de partida. “É isso que vai trazer novos turistas para o nosso Rio de Janeiro”.

A Prefeitura do Rio e o Governo do Estado aplicarão R$ 120 milhões, enquanto a RIOgaleão destinará R$ 150 milhões. A meta é melhorar o acesso de turistas, reduzir custos de passagens e fretes e gerar postos de trabalho e renda. Haverá reforço no patrulhamento, melhora na mobilidade, com o uso de calhas, modernização da sinalização viária e melhorias em conservação e ordem pública. Serão feitas melhorias em conservação (ar condicionado e aparelhos de raios-X), ambientação (alimentação e sinalização) e transporte (zonas exclusivas para ônibus de turismo, vans e carros de aplicativos), além da implantação de sete vip lounges e dois hotéis. Além disso, o Tom Jobim será o primeiro aeroporto do Brasil com plataforma digital de serviços, a Galeon.

A proposta é que o acordo gere estímulos financeiros e regulatórios para atrair as grandes companhias aéreas, companhias vocacionadas ao lazer e incentive que empresas que já operam no Galeão aumentem frequência de voos, impulsionando a receita direta e indireta para a cidade por meio do turismo de lazer e negócios. Um dos objetivos da parceria será o de viabilizar incentivos por meio de um Fundo Municipal para fomento da aviação na cidade.

CEO da Latam Brasil, Jerome Cadier explica o trabalho que a empresa tem realizado em prol do Rio de Janeiro. Segundo ele, desde o ano passado, a Latam cresceu 25% no Rio, em relação ao ano anterior. No caso específico do Galeão, a expectativa é que o desempenho nesse primeiro trimestre de 2024 seja 120% maior do que foi o mesmo trimestre em 2023.

Leia também:

pt_BRPortuguese