NotíciasTurismo

Turismo internacional no Brasil crescerá 21% no primeiro trimestre, aponta estudo

O Brasil está vivenciando um notável ressurgimento como destino turístico muito procurado – com suas paisagens diversas, cultura vibrante e hospitalidade calorosa despertando um interesse global renovado”. A avaliação é da ForwardKeys empresa espanhola especializada na análise de dados de viagens aéreas, que prevê alta de 21% nas chegadas de turistas internacionais ao Brasil no 1º trimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2023.

Segundo a companhia, viagens da América do Sul rumo ao Brasil registram crescimento de 23%. Já as provenientes da União Europeia e do Reino Unido somam um aumento de 21%, enquanto as dos Estados Unidos acumulam expansão de 15%. Quanto às regiões mais buscadas, destaque para o Sul, apresentando avanço de 34%; o Norte (26%), o Sudeste (23%) e o Nordeste (13%). O Centro-Oeste, por sua vez, experimenta uma queda de 11%.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, atribui os resultados à melhoria da imagem do Brasil no exterior durante a atual gestão. “O mundo já percebe o nosso país como um destino mais comprometido com a sustentabilidade, a diversidade e a democracia. Esse reconhecimento deixa claro que o Brasil voltou revigorado ao cenário global, o que, certamente, vai influenciar a colocação do país no ranking de nações mais procuradas do planeta”, aposta Sabino.

Na análise por estados, Santa Catarina lidera a projeção de chegadas internacionais da FowardKeys, com uma alta de 53% ao longo dos três primeiros meses de 2024. A relação de Unidades da Federação líderes na área é composta, na sequência, por Rio Grande do Norte (46%), São Paulo (25%), Rio de Janeiro (23%), Minas Gerais (18%), Alagoas (15%), Pernambuco (14%), Ceará (11%), Paraná (9%), e Bahia (4%).

OTIMISMO – A procura do Brasil como destino de viajantes estrangeiros em 2023 reforça previsões otimistas para este ano. Conforme a ONU Turismo, o gasto de turistas internacionais no país atingiu um recorde histórico de R$ 34,5 bilhões, 1,5% acima do arrecadado em 2014, quando o Brasil sediou a Copa do Mundo. Ao longo de 2023, o Brasil recebeu 5,9 milhões de turistas estrangeiros, 62,7% a mais que em 2022, superando em 3% as estimativas da entidade.

Por André Martins

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Leia também:

pt_BRPortuguese