Hotéis no Rio de JaneiroNotícias

Negócio de família: irmãos à frente dos hotéis Arpoador e Ipanema Inn buscam trazer mais sustentabilidade para empreendimentos

O dia de Daniel Strosberg Gorin começa cedo no Rio de Janeiro, mas em grande estilo: muitas vezes corre no calçadão de Ipanema, toma café da manhã à beira mar ou perto da praia e então começa o trabalho. Ele divide o cargo de gerente geral com seu irmão, Marcelo, nos hotéis da família: Arpoador e Ipanema Inn. Os empreendimentos foram fundados pelos seus avós há cerca de 50 anos, depois administrados pelos pais, e desde 2011 estão sob olhar dos netos. “Nessas cinco décadas, minha família viu as mudanças na cultura praiana carioca, incluindo o surfe no Arpoador, a demolição de casas e a ocupação de prédios em Ipanema, e o aumento de grandes shows e eventos na cidade, como as Olimpíadas e a Copa do Mundo”, conta Daniel.

A vida dele também se formou nesse cenário: foi onde nasceu há 42 anos, cresceu, estudou, morou com a família e ainda vive. Depois de se graduar em Comunicação Social, trabalhar em museu e como fotógrafo, mudou-se para Londres. Seis anos depois, estava em Ipanema novamente, dessa vez para assumir a gestão dos hotéis ao lado do irmão. Daniel relembra: “Em Londres vivi muitas experiências marcantes. Lá, por exemplo, já era comum a coleta seletiva dos resíduos das casas, e quem não separava e descartava as sacolas nos locais corretos levava multa. Essa prática virou minha rotina, alterou minha consciência. Foi estranho voltar ao Brasil e não fazer nada disso. Achei que era o momento de aproveitar esses aprendizados e tentar mudar o que estava ao meu redor”.

Nas primeiras iniciativas da nova gestão dos irmãos, há cerca de 10 anos, os hotéis começaram apoiando projetos externos voltados à área ambiental e social. Na época não era tão comum pensar nas práticas ESG, que se referem a ações voltadas às questões de governança, sociais e ambientais. Aos poucos, o olhar da sustentabilidade passou a ser transversal a várias áreas. “O que vemos hoje é o resultado de um conjunto de decisões que foram tomadas e seguem sendo pensadas todos os dias. Não temos como falar do futuro do negócio sem cuidar desses aspectos e das vidas envolvidas, seja do hóspede ou dos colaboradores. É com essa ética que seguimos, mesmo tendo custos maiores”, diz Daniel, que procura se manter conectado com a sustentabilidade em suas leituras, na busca por inovações, em práticas de reconexão com a natureza em seus momentos de lazer e conhecendo referências de hotéis sustentáveis no exterior.

Daniel Strosberg, à frente dos hotéis Arpoador e Ipanema Inn — Foto: Divulgação
Daniel Strosberg, à frente dos hotéis Arpoador e Ipanema Inn — Foto: Divulgação

Créditos: Um so Planeta / Globo

Leia também:

pt_BRPortuguese