NotíciasTurismo

Rio pode ter escola de turismo para fomentar o setor

Buscando formação em todos os níveis, a deputada protocolou outro projeto na Alerj que cria a Escola de Turismo do Estado do Rio de Janeiro – Foto: Divulgação

A deputada Adriana Balthazar protocolou um projeto de lei na Alerj que cria o Programa Estadual de Formação em Turismo no Estado do Rio de Janeiro. De olho na retomada do setor após a vacinação, a proposta prevê uma reforma efetiva da formação ligada ao setor turístico, permitindo a qualificação para o suprimento de cargos no serviço direto e indireto do trade.

“A partir do Programa, poderão ser desenvolvidos cursos, treinamentos e outros programas de educação continuada que atenderão às crescentes demandas do turismo fluminense, que gera inúmeros empregos e é responsável por cerca de 14% do PIB do estado do Rio de Janeiro”, ressaltou a deputada, que é vice-presidente da Comissão de Turismo na Alerj.

Buscando formação em todos os níveis, a deputada protocolou outro projeto na Alerj que cria a Escola de Turismo do Estado do Rio de Janeiro, polo de referência que pretende oferecer formação técnica para guias de turismo, agentes de viagens, produtores culturais, produtores de eventos, auxiliares de gerência de empreendimentos hoteleiros e áreas afins. Além disso, a ideia é que o polo ofereça ainda cursos em nível de graduação e pós-graduação para formar profissionais essenciais à operacionalização turística e de capacitação para o uso de línguas estrangeiras e de Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Mesmo sem desfiles de escolas de samba ou blocos de rua, este ano, a taxa de ocupação dos hotéis na cidade do Rio de Janeiro ficou em torno de 80% no feriado de carnaval. Apesar das restrições impostas pela pandemia, pesquisa da Associação de Hotéis do Rio de Janeiro ABIH-RJ e do Sindicato dos Meios de Hospedagem (HotéisRio) revelou que a média de ocupação da rede hoteleira no estado no último feriado deNossa Senhora Aparecidafoi de 78%, colocando o destino como um dos mais procurados pelos viajantes brasileiros.

Fonte: O Fluminense

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: