Rio Memórias promove museu virtual sobre a história da cidade do Rio

 

Um museu totalmente virtual que recorta parte da história do Rio de Janeiro através de duas galerias – RIO DESAPARECIDO e RIO DE SONS – será inaugurado no dia 28 de agosto, em evento no Campus Estácio Centro I – unidade Presidente Vargas – que fica na Av. Presidente Vargas, 642, 9º andar — das 19h às 21h, com a participação dos historiadores Rafael da Cruz e Antonio Edmilson Martins, responsáveis pelo conteúdo do site, e Rodrigo Rainha, professor da Estácio e curador do Rolé Carioca.

Idealizado por Livia de Sá Baião, o Rio Memórias é inspirado no Memorial Minas Gerais, em Belo Horizonte, um museu de experiência que faz um resgate da história e da cultura mineira. Após uma visita, ela imaginou fazer algo semelhante pela memória carioca. O Museu Rio Memórias é patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e pelas empresas Estácio, Concrejato, Concremat por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS. Duas aulas-show foram realizadas na Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch, em São Cristóvão e no Colégio Estadual Professor Clóvis Monteiro, em Higienópolis, em maio último, a fim de despertar o interesse dos jovens pela memória da cidade e apresentar o site como um lugar interessante de pesquisa e estudo.

Para conhecer este acervo, que destaca cerca de 80 fatos históricos, desde os primórdios da fundação até o que ainda está acessível aos nossos olhos e ouvidos pelas ruas da cidade, basta entrar no site. A atração será totalmente gratuita e aberta ao público.

 

 

Fonte: Jornal de Turismo
Foto: Reprodução

Matérias relacionadas

x