Notícias

Rio de Janeiro ganhará um mosaico da cidade no Instagram

Serão 20 temas sobre os quais os usuários poderão compartilhar na rede social fotos que resultarão num livro colaborativo

Foi dada a largada e ao longo dos próximos quatro meses, o projeto “Urbegrafia – um mosaico visual do Rio” vai celebrar a história, a natureza ímpar e o estilo de vida dos cariocas. E, numa construção coletiva – como afinal acontece com a própria cidade – as imagens resultantes desta proposta vão traçar um panorama múltiplo e diverso. Duzentas imagens, de 20 temáticas, vão compor esse mosaico.

A iniciativa é da Núcleo da Ideia e RIOetc, e tem como objetivo construir um mosaico visual da cidade a partir do olhar dos seus moradores. Uma espécie de game fotográfico, projeto que será finalizado com a edição de um livro. Para se ter uma ideia do nível de adesão, em 15 dias, mais de 5.655 fotos já foram postadas na rede, uma média de 400 imagens tagueadas por dia.

O Instagram será a praça onde essa interação vai acontecer. Os 20 temas serão apresentados no aplicativo, através de fotos. Qualquer pessoa conectada à plataforma poderá participar, utilizando as tags específicas para cada tema. Semanalmente, um novo assunto será abordado, e uma equipe de curadores fará a seleção de dez imagens. Ao fim do processo, teremos 200 imagens reunidas no livro, que potencialmente terá até 200 autores.

A Urbegrafia segue um formato semelhante ao de outros projetos da Núcleo da Ideia, como a “Rio365” (que teve duas edições), “Rio450” e “Nossa Língua”, documentários visuais produzidos a partir de missões temáticas no Instagram; e o RIOetc, que há 15 anos busca a alma encantadora das ruas, já fotografou mais de 15 mil personagens do Rio, e reúne mais de 400 mil fotos de seus seguidores na hashtag #rioetc, muitas delas postadas em seu perfil na rede.

“A Urbegrafia chega dez anos após a realização do Rio365, quando o Instagram ainda era muito recente, voltado para fotos, quadrado, com bem menos recursos em relação aos oferecidos atualmente. Costumo brincar que o Instagram era mato naquela época”, relembra Tiago Petrik, idealizador e curador geral do projeto.

Para participar da Urbegrafia não precisa fazer dancinha, nem ter milhares de seguidores. “É só postar usando as hashtags e ter sua foto selecionada pelos curadores para ser coautor do livro”, destaca Tiago.

Os curadores convidados para selecionar as imagens do projeto são Rafael Bolor (@riocasaseprediosantigos), Patrícia Pamplona, Raphael Vidal (oraphaelvidal), Ana Paula Amorim (@apamorimmendes), Márcia Foletto, Anna Fisher (@annafisher), Marina Lage (@marinalagelima), Celso Rayol (@celsorayol) e Rocinha Sob Lentes (@rocinhasoblentes_oficial).

O Urbegrafia conta com o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura e com o apoio da Ancar, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS.

Para ficar por dentro das próximas missões, basta entrar no Instagram do projeto (@urbegrafia) para saber o tema, postar uma foto nova ou antiga, e taguear a hashtag solicitada.

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: