Notícias

Retorno do Carnaval deve movimentar economia do Rio de Janeiro e de São Paulo

Crédito: Arquivo MTur

Após dois anos suspensos, os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro e de São Paulo voltam a acontecer neste final de semana. As festividades acompanham a retomada dos grandes eventos pelo país e deve movimentar milhões de reais na economia das duas capitais. Além disso, a estimativa é de que a folia também gere milhares de empregos diretos e indiretos, já que aumenta o fluxo turístico, principalmente, nos hotéis, bares, restaurantes e demais serviços ligados ao setor.

Para o ministro do Turismo, Carlos Brito, é uma alegria ver um evento tão importante para a cultura popular brasileira voltando após um longo período de paralisação. Segundo ele, as expectativas são as melhores possíveis. “Após dois anos, o que a gente espera é que a população possa aproveitar novamente dessa grande exposição cultural que o nosso país oferece. E, claro, que a nossa cadeia turística volte a registrar índices pré-pandemia, que é o que estamos acompanhando nos últimos feriados. Viva o Carnaval, viva o Brasil!”, pontuou.

No Rio de Janeiro (RJ), dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-RJ) e da HotéisRIO apontaram que a ocupação hoteleira para o período na capital fluminense já está em 78%. De acordo com as entidades, 86% dessas reservas são de turistas domésticos, vindos principalmente de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santos e de outros municípios do estado do Rio de Janeiro. Casais e famílias são a maior parte dos viajantes, seguidos por grupos e visitantes sozinhos.

Em São Paulo, o último Carnaval realizado movimentou ao todo cerca de R$ 3 bilhões, sendo R$ 227 milhões apenas no sambódromo da capital paulista, de acordo com a prefeitura local. Na época, do total de foliões, 73,6% eram de São Paulo e 26,4% turistas de todas as regiões do Estado, do Brasil e de outros países. Ainda segundo o levantamento, o período de permanência média dos turistas foi de dois dias e o gasto médio durante a estadia foi de R$ 648,19.

Um levantamento da Booking.com – uma das maiores plataformas de reservas de viagens do país – apontou que as cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro serão as mais procuradas para o período. Os dois destinos devem receber quase um milhão de visitantes em seus aeroportos e cerca de 500 mil pessoas nos terminais rodoviários durante os quatro dias de feriado, de acordo com o Ministério do Turismo.

RECURSOS DO MTUR – Em 2019, o Ministério do Turismo liberou mais de R$ 8 milhões para obras de reforma no Sambódromo do Rio de Janeiro. O recurso foi destinado para melhorias nas instalações elétricas, arquibancadas, combate a incêndio e pânico, além do gradeamento dos setores.

Por Victor Maciel

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo / Agencia Brasil

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: