Notícias

Prefeitura do Rio informa que Carnaval na Marquês de Sapucaí deve ter passaporte da vacina e testagem contra Covid

Após o anúncio do cancelamento do Carnaval de rua no Rio de Janeiro, na última terça-feira (04/01), a Prefeitura da capital fluminense divulgou nesta quarta (05/01) o esboço do que devem ser as exigências para a realização dos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí.

”Ainda não temos isso totalmente definido, mas a ideia básica é exigir passaporte de vacinação e disponibilizar testagem nas 48 horas que antecedam o desfile de determinada escola, tanto para o público que vai assistir quanto para aqueles que estarão desfilando”, disse o prefeito Eduardo Paes em entrevista à ”GloboNews”.

Ainda segundo Paes, os critérios serão similares aos utilizados na reabertura dos estádios de futebol da cidade. O chefe do Poder Executivo carioca também aproveitou para deixar um recado aos turistas que desejam vir ao Rio.

”Se você é do Rio de Janeiro e quer desfilar na sua escola de samba ou quer ir assistir o Carnaval, você tem que estar vacinado. Se você é de outro lugar do Brasil, nós queremos receber você no Rio e será muito bem-vindo, mas somente se estiver vacinado. Se não estiver, não vai conseguir sequer se hospedar na cidade”, ressaltou.

Liesa confirma desfiles

Vale mencionar também que, por meio de nota oficial, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) reiterou que os desfiles das agremiações estão mantidos. ”A Liesa esclarece que seguirá todas as orientações dos órgãos competentes e protocolos vigentes”, dizia um trecho.

Fonte: Diario do Rio

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: