NotíciasOutrosRio de Janeiro

Pesquisa mostra carioca mais feliz com o Rio de Janeiro

Diário do Rio visita a Ilha Fiscal | Foto: Rafa Pereira – Diário do Rio

No dia 24/11, o DIÁRIO DO RIO iniciou a publicação dos resultados da 2ª edição da pesquisa de Avaliação do Governo Municipal do Rio de Janeiro, realizada pelo Instituto Rio21, que tem como intuito compreender, ao longo do tempo, a percepção da população carioca sobre as ações do governo e as suas perspectivas.

Hoje apresentamos os dados em relação aos sentimentos de felicidade por ser carioca, otimismo com a atual gestão e expectativa para a cidade em 2022 dos moradores da cidade do Rio, por faixa etária.

De acordo com a pesquisa, os entrevistados mais jovens se mostraram mais felizes que os mais velhos, tanto no levantamento de dados de agosto quanto de novembro.

Em novembro, enquanto 57,5% dos respondentes de 16 a 24 anos, afirmaram serem muito felizes ou felizes por serem cariocas, esse percentual foi de apenas 28,8% para a faixa etária de 60 anos ou mais.

Vale destacar também que apenas as faixas etárias de 40 a 49 anos e 60 anos ou mais apresentaram uma queda no nível de felicidade nos últimos 3 meses.

Com relação ao sentimento de otimismo, os resultados foram semelhantes: quanto mais jovem, maior a parcela daqueles com uma percepção positiva sobre a atual gestão.

Em novembro, o percentual de entrevistados de 16 a 24 anos que declararam estar muito otimistas ou otimistas (63,7%) foi, aproximadamente, o dobro do percentual de entrevistados de 60 anos ou mais que declararam estar muito otimistas ou otimistas (34,1%). Mas, vale destacar, que houve uma redução no nível de otimismo em todas as faixas etárias, comparando os dados de agosto e novembro – conforme pode ser visualizado no gráfico abaixo:

Em relação à expectativa para a cidade em 2022, a faixa etária de 16 a 24 anos se mostrou, novamente, mais positiva do que qualquer outra. Em novembro, 78,2% dos entrevistados mais jovens afirmaram que o próximo ano será muito melhor ou melhor do que o atual.

No entanto, houve uma queda geral na perspectiva positiva para o futuro. Em todas as faixas etárias houve uma redução de pelo menos 2,9% na expectativa de que 2022 será muito melhor ou melhor para a cidade do Rio de Janeiro do que 2021.

Pesquisadora do Instituto Rio21, Carolina Carvalho: “Os jovens tendem a ser menos céticos quando o assunto é política. Isso pode explicar em parte os altos níveis de felicidade, otimismo e expectativa para 2022 frente a atual gestão municipal do Rio de Janeiro da faixa etária de 16 a 24 anos.”

Em novembro, foram ouvidos 1032 moradores da cidade do Rio de Janeiro, entre 03 e 16 de novembro de 2021, de forma presencial e online.

A próxima avaliação está prevista para ser realizada no mês de fevereiro, dando continuidade a um ciclo de pesquisas trimestrais, que deverá perdurar até o final desta gestão.

 

 

 

Fonte: Diariodorio

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: