NotíciasRio de Janeiro

Moinho Fluminense vai virar espaço multiuso no Porto Maravilha

O Moinho Fluminense vai ser transformado em um espaço multiuso no Porto Maravilha, no Centro do Rio de Janeiro. Em sete andares, o local vai receber escritórios, bares, restaurantes, exposição de artes e um espaço para eventos.

Centenários, os prédios tiveram a construção autorizada pela Princesa Isabel, no século XIX, e funcionaram como a primeira fábrica brasileira de moagem de trigo. As estruturas e colunas são tombadas pelo Patrimônio Histórico e Artístico.

O primeiro prédio foi levantado por imigrantes italianos e funcionou como fábrica até 2013.

O atual dono comprou o complexo em 2019, mas, devido à pandemia, a conclusão da primeira fase da revitalização está prevista para 2025. Uma das principais apostas para os arquitetos nessa primeira etapa é o espaço para eventos, shows e exibições.

Para Gustavo Guerrante, presidente da CCPar, a revitalização do Moinho Fluminense atua em um empreendimento “icônico”.

“O Moinho vai virar provavelmente não só uma referência na cidade, como trazer gente do Brasil inteiro para conhecer, um programa não só o ponto turístico, um polo de atração para a cidade e para a Região Portuária”, define.

 

A previsão é que parte térrea dos prédios seja aberta à circulação, o que vai formar um corredor do Boulevard Olímpico até a Praça da Harmonia.

Outras promessas são a construção de uma praça e de terraços para que turistas possam aproveitar a vista da Providência, dos bairros da Pequena África e da Baía de Guanabara.

O RJ1 fez um tour pela construção e mostrou o que existe atualmente no local e o que está previsto no projeto. Foi possível ver por onde o trigo era escoado e todo o processo.

“Esse é o antigo túnel de escoamento da produção e recebimento de insumos que ligava até o porto. Então, tinha um buraco que ligava ao mar direto nos navios. Hoje, está fechado, mas isso é uma do que a gente chama de reminiscências que a gente vai manter no projeto do Moinho”, explica Carol Bertoldi, gerente de portfólio da empresa que comprou o Moinho Fluminense.

A empresa anunciou que, em breve, vai ao ar um tour virtual com todas as informações do Moinho.

Fonte: G1

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: