Boletim InformativoNotícias

Hotelaria comemora números da segurança

editorasolucao

Cientes do impacto direto da segurança pública na atividade turística, a Associação de Hotéis do Estado (ABIH-RJ) e o Sindicato de Hotéis e Meios de Hospedagem do Município (HotéisRIO) comemoram os dados recentemente divulgados pelo Instituto de Segurança Pública, que apontam redução nas ocorrências que afetam a estada dos turistas na cidade. As entidades também têm realizado uma série de iniciativas, em parceria com o poder público, para viabilizar melhorias de atendimento aos visitantes e colaborar para o reforço da segurança turística.

Os dados divulgados pelo ISP, referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro no mês de janeiro, mostram redução de 32% no índice de homicídios na capital, na comparação com 2021. Este é o menor valor apurado desde 1991. Outra queda relevante de ocorrência se refere aos roubos de rua (a transeuntes, de aparelhos celulares e em transportes coletivos), que caiu 25% em relação a 2021 e atingiu o menor índice desde 2006. O roubo de veículos também apresentou queda de 20%.

Uma iniciativa recente para melhorar a segurança dos cariocas e visitantes foi uma articulação do HotéisRIO com a Prefeitura do Rio, por meio do Centro de Operações Rio (COR), e a Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat), para aumentar o monitoramento das regiões de maior movimentação turística da capital. Com o acordo, a Deat terá acesso às câmeras da Prefeitura que, em contrapartida, vai poder instalar novos equipamentos de vídeo no topo dos hotéis da Zona Sul e Centro. HotéisRIO e ABIH-RJ também possuem um canal direto com o BPTur para informação e agilidade no atendimento à demanda dos hotéis.

“O Governo do Estado vem realizando um bom trabalho de integração entre as polícias. Esses números precisam ser divulgados, necessitam ser comemorados. Existe uma percepção equivocada de que o Rio de Janeiro é uma cidade insegura, que não se confirma. Pelo contrário, os números seguem em queda. Precisamos valorizar o trabalho dos policiais e reconhecer os impasses legais que carecem de revisão imediata dos órgãos competentes para viabilizar uma ação mais efetiva das forças de segurança”, ponderou Alfredo Lopes, presidente do HotéisRIO e presidente do Conselho Deliberativo da ABIH-RJ.

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: