Capa do site 12 1 jpg
NotíciasTurismo

Embratur destaca importância do turismo internacional durante encontro sobre promoção comercial

A Embratur participou da primeira reunião do Comitê Nacional para a Promoção da Cultura Exportadora (CNPCE), nesta quarta-feira (12), em Brasília. A Agência destacou a importância do turismo internacional para o Brasil e apresentou os trabalhos que estão sendo desenvolvidos para atrair cada vez mais turistas estrangeiros. O objetivo do Comitê é impulsionar a participação de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) no comércio exterior e ampliar a participação dos estados.

Presente ao evento, a chefe da assessoria internacional da Embratur, Larissa Ushizima, destacou que o turismo internacional é computado mundialmente como exportação e colabora para a obtenção de uma balança comercial positiva.

“A Embratur entende que é fundamental sensibilizar os estados e tomadores de decisão sobre o papel do turismo internacional, que pode garantir uma importante entrada de divisas aos municípios e regiões turísticas”, afirmou Ushizima.

A Embratur apresentou ao Comitê a proposta de elaboração do novo Plano de Marketing Internacional para a promoção da imagem e do turismo brasileiro e também a jornada de preparação dos pequenos negócios turísticos para internacionalização, ambos desenvolvidos em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A Galeria Visit Brasil em Nova York também ganhou destaque como uma oportunidade de promoção dos destinos turísticos e de apresentação da biodiversidade brasileira. A Galeria será realizada em setembro, em Nova York, e irá promover ações voltadas para o marketing e para a exportação de serviços turísticos junto a agentes do mercado (B2B), público final (B2C) e imprensa estrangeira. 

Sobre o Comitê

O Comitê foi criado em julho de 2023 com a missão de implementar a Política Nacional de Cultura Exportadora. O objetivo é ampliar a base exportadora brasileira, fortalecendo a presença das micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) no mercado internacional e aumentando a participação dos estados brasileiros que ainda não exploram todo seu potencial exportador.

Durante a reunião, os membros também definiram o plano de trabalho para 2024-2025, que inclui o compromisso com a elaboração de planos para promoção da cultura exportadora em outros estados. 

Já aderiram à política 22 unidades da federação: Acre, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraíba, Rondônia, Pará, Roraima, Tocantins, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Goiás, Distrito Federal, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Créditos: Embratur

Leia também: