Notícias

Águas do Rio inaugura reservatório no Morro da Coroa, em Santa Teresa

Foto: Divulgação
Concessionária também anunciou investimento em um novo sistema de abastecimento de água no Complexo da Mangueira

No Dia Mundial da Água, comemorado nesta terça-feira (22/03), a Águas do Rio entregou o primeiro reservatório já reformado pela empresa, no Morro da Coroa, em Santa Teresa. Durante o evento, o presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, anunciou o investimento de R$ 6 milhões em um novo sistema de abastecimento de água no Complexo da Mangueira, na Zona Norte do Rio, que passará a ter abastecimento de água regular.

Segundo ele, outros R$ 7 milhões serão aplicados na construção, reforma e ativação de 20 reservatórios, em diferentes comunidades da capital. Juntos, os dois projetos vão beneficiar cerca de 500 mil pessoas residentes em comunidades do Rio de Janeiro.

Mais que inaugurar um reservatório abandonado há nove anos, estamos aqui para renovar nosso compromisso de mudar a realidade de saneamento básico nas comunidades. Essa entrega, que vai melhorar bastante o abastecimento aqui dessa região, faz parte de uma sequência de investimentos de R$ 13 milhões para colocar em operação 20 reservatórios em diversas localidades do Rio de Janeiro, além de recuperar todo o abastecimento do Complexo da Mangueira. Essa inauguração e anúncio são simbólicos nesse dia Dia Mundial da Água, trazendo esse bem essencial para a população que mais precisa“, afirmou Bianchini.

Para o presidente da Associação de Moradores do Morro da Coroa, José Eduardo, a ativação do reservatório vai melhorar a qualidade de vida dos 23 mil moradores da comunidade: “Da região de Santa Tereza, o Morro da Coroa é a região que mais sofre com problemas de desabastecimento. Agora a concessionária está entregando esse equipamento tinha tantos vazamentos que foi deixado de lado”.

Um grupo de 10 artistas da comunidade, liderados pelo grafiteiro TOZ, está grafitando as paredes do prédio do reservatório.

Projeto Mangueira

Os recursos investidos na Mangueira serão usados na construção de um novo reservatório de 925 mil litros, com linhas ramificadas para todas as regiões do complexo e a ampliação de 588 metros de rede, parte na Rua Visconde de Niterói. Essa rede vai ligar a estação de bombeamento Icaraí ao novo reservatório na parte mais alto do morro. O trabalho deve durar aproximadamente oito meses.

Construção, reforma e ativação dos reservatórios

Além da Mangueira, Águas do Rio vai construir quatro novos reservatórios em comunidades da zona norte e recuperar outros 15. Um deles é o do Morro do Dendê, na Ilha do Governador, interditado pela Defesa Civil, após apresentar rachaduras.

Os reservatórios existentes no Complexo da Penha, Morro da Formiga (Tijuca), Azevedo Lima (Rio Comprido) e Vila Primavera (Cavalcanti), que estão parados serão reformados e reativados. Os 20 reservatórios vão entrar em operação com 100% de sua capacidade até o final de 2022.

Fonte: Diario do Rio

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: