Image default
Boletim InformativoNotícias

Titular da Seop defende democratização dos espaços públicos em Reunião de Diretoria

O Secretário Municipal de Ordem Pública (Seop), Brenno Carnevale, foi o convidado especial da reunião de Diretoria de HotéisRIO, realizada virtualmente, no dia 04 de maio. O titular destacou que a secretaria precisou atuar muito fortemente, nos primeiros meses do ano, no combate a eventos clandestinos, aglomerações e construções irregulares. Porém, o compromisso do secretário tem foco em recuperar a cidade, fazendo com que o espaço público seja acolhedor, agradável e atraia investimentos.

Durante a apresentação, o presidente Alfredo Lopes e vários representantes de grupos hoteleiros levantaram as questões que mais afetam os moradores e empresários que atuam da Zona Sul e Barra, onde se concentra grande parte dos hotéis, como desordem urbana, sujeira, falta de conservação e iluminação, e moradores de rua.

A Seop tem o viés de segurança pública em nível municipal, responsável pelo cumprimento das regras e das leis no espaço público. A integração com a Secretaria de Assistência Social é fundamental na abordagem de moradores de ruas e menores pedintes. Outro ponto que concentrará mais esforços da secretaria nos próximos meses é quanto ao estacionamento nos espaços públicos, e tem buscado soluções mais tecnológicas para evitar ações de crime e extorsão.

“A Guarda Municipal precisa ocupar melhor as áreas públicas, ser mais proativa em suas funções de proteção e prestação de serviços à sociedade”, afirmou Brenno Carnevale. O secretário defende a ocupação dos espaços pelo poder público, respeitando a cidadania, porém, combatendo a desordem urbana, o comércio ilegal, que não pode ser tolerado, e tem origem em carga roubada, produtos furtados e representa um dos grandes fomentadores de problemas criminais. Carnevale ressaltou que o comércio informal é diferente, se intensificou nesse momento de inegável dificuldade, onde pessoas desempregadas saem às ruas tentando ganhar seu sustento, mas só pode ser tolerado momentaneamente e de forma organizada. “Cabe ao governo estimular o emprego formal, que dá dignidade”, defendeu.

Na sequência, a reunião contou com a participação dos advogados Trajano Ribeiro e Ricardo Almeida, da assessoria jurídica, com foco nas Medidas Provisórias 1.045 e 1.046, reeditadas para o enfrentamento da pandemia, com duração de 120 dias, e que introduzem novas questões nas relações trabalhistas com os colaboradores do setor hoteleiro.

A superintendente Theresa Jansen falou sobre a criação do HotéisRIO Solidário, movimento que vai arrecadar doações de alimentos dos hotéis, funcionários e hóspedes para envio às comunidades carentes e desempregados cadastrados, em alinhamento com a Secretária Municipal de Assistência Social, Laura Carneiro.

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: