Image default
Boletim Informativo

Riotur apresenta ações em reunião da ACRJ

Aposta em comunicação digital, distribuição de mapas da cidade, estandes inovadores: esses são apenas alguns dos projetos da Riotur para impulsionar a retomada do turismo carioca e que foram apresentados no dia 26 em reunião do Conselho Empresarial de Turismo da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).

A diretora de Marketing da Riotur, Fabiana Misse, destacou o investimento em canais digitais, como Instagram, Facebook e YouTube, para a disseminação de conteúdos. “Estamos fazendo um trabalho forte no digital. Elaboramos um vídeo de promoção da cidade em diversos idiomas e, no digital, podemos direcioná-lo para diferentes públicos, acertando em cheio. Outro ponto importante são os influencers: selecionamos 15, que batizamos de “Embaixadores do Rio” e que, juntos, somam 4 milhões de seguidores. Eles já atuavam com turismo e certamente ampliarão muito o alcance de nossa comunicação”. Ela também apresentou o estande em formato de cubo, no qual imagens do Rio são projetadas em todas as paredes. “É uma experiência imersiva, na qual o visitante pode se sentir um pouco “dentro” do Rio. Estamos levando a diversas feiras e está tendo ótima receptividade”. 

Fabiana Misse confirmou que em agosto serão feitas as entregas dos mapas de bolso do Rio aos hotéis da cidade. “Certamente vai facilitar para os turistas terem uma melhor noção de onde estão localizados os atrativos turísticos. Aproveito para ressaltar a parceria com o HotéisRIO, que sempre nos apoiou nessa e em outras iniciativas”.

O presidente da Riotur, Bruno Mattos, abordou o incentivo ao turismo religioso, com ações, por exemplo, no santuário de Aparecida, em São Paulo. “Temos um patrimônio religioso significativo, formado, por exemplo, por muitas igrejas. E a distância não é grande. Muitos turistas de lá certamente gostarão de conhecer nossos templos e história”. Mattos aproveitou para anunciar que uma antiga reivindicação do setor turístico – a recuperação do Parque Garota de Ipanema, entre o bairro e Copacabana, será atendida. Foi decidido instalar lá a a subprefeitura da Zona Sul. Tudo será revitalizado e haverá segurança”. 

O conselheiro da ACRJ e vice-presidente do HotéisRIO, José Domingo Bouzon, sugeriu estimular a criação de um calendário de shows noturnos durante a semana. “Poderíamos ter um circuito de shows, como Bossa Nova ou samba, como mais uma alternativa cultural para os turistas que nos visitam. Estamos carentes dessa opção”.

 

Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: