Image default
Boletim Informativo

Pesquisa indica como será a retomada do setor de hospedagem

Estudo do Hotéis Rio realizado com profissionais de Recursos Humanos dos empreendimentos hoteleiros do município, entre os dias 19 e 23 de abril, aponta que cerca de 90 estabelecimentos de hospedagem, entre hotéis, hostels e albergues, estão com operações temporariamente suspensas na capital, totalizando redução na oferta de 6,1 mil quartos.

A pesquisa faz parte do IPH-RJ – Índice de Performance da Hotelaria do Rio de Janeiro, elaborado pelo sindicato, porta-voz oficial da hotelaria e responsável pela divulgação de dados do setor.

Ao mapear uma previsão de retomada do setor de hospedagem, o estudo aponta que apenas 12,50% dos empreendimentos apurados pretendem reabrir as portas ainda no mês de maio, enquanto 75% têm previsão de reabertura a partir de junho. Cerca de 12,50% não trabalha com previsão de data.

Até o momento, o índice de demissões no setor está em 24,09%. As áreas mais atingidas pelas demissões são os setores de Governança (33,07%), Alimentos & Bebidas (30,69%) e Recepção (13,58%).

Ainda de acordo com o IPH-RJ do Hotéis Rio, para o mês de maio, o prejuízo estimado na hotelaria devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus será superior a R$ 160 milhões. Atualmente, a hotelaria conta com menos de 5% dos quartos ocupados.

[ratemypost]
Curta nossa página no LinkedIn e fique por dentro de conteúdos exclusivos!

LEIA TAMBÉM: